Você está em:
ModaPatBo: uma prévia (apaixonante) da coleção de Patrícia Bonaldi para a C&A

PatBo: uma prévia (apaixonante) da coleção de Patrícia Bonaldi para a C&A

07 de November de 2013 • 09:11
por Yuri Ribeiro

Esse fim de ano promete. Será a oportunidade certa para você renovar todo seu guarda-roupa com peças de babar. Depois de todo mundo desejar a coleção de Roberto Cavalli, a C&A irá lançar agora PatBo, linha assinada por Patrícia Bonaldi. As peças da estilista se juntam as de Roberto Cavalli e as da Adriana Barra (que ainda estão pelas araras) para permear as listas de presente de fim de ano. As criações de Patrícia só chegam às lojas dia 19, mas já estamos babando com as fotos de divulgação que estão rolando.

A coleção de Patrícia Bonaldi para a C&A segue os mesmos moldes do seu já conhecido DNA. A estilista mineira, que traça a feminilidade da mulher com perfeição, traz para a fast fashion, peças rendadas, cheias de bordados e brilhos e com boas pitadas de romantismo. Cerca de 40 modelos cheios de glamour deverão ocupar as araras de apenas 70 lojas escolhidas pela rede em todo Brasil. Os preços devem variar entre R$49,00 até R$649,00.

A campanha da coleção é estrelada pela top Regina Krilow, que foi fotografada por Zee Nunes no Theatro Municipal de São Paulo. Daniel Ueda é quem assina o styling e a beleza foi feita por Henrique Martins.

Estamos contando os dias para conferir todas as peças. Aliás, é válido citar que estamos passando por um bom momento no mercado da moda, uma vez que as redes de fast fashion estão mostrando interesse pela “democratização da moda” ao levarem as suas lojas, coleções assinadas por grandes e renomados estilistas.

As parcerias têm funcionado, e dado muito certo, levando boas peças para a realidade do público. É preciso repensar somente em como fazer. Embora as coleções sejam assinadas por estilistas de peso, não se pode esquecer que o objetivo é vender, e vender para um público ainda mais amplo, fazendo com que mais pessoas tenham acesso as criações. Por isso, talvez investir em preços mais baixos possa ser uma boa estratégia (também!) para democratizar a moda.


Seja o primeiro a comentar

A moda sai de moda, o estilo jamais.

Coco Chanel