Você está em:
ModaO sertão é aqui: Minas Trend abre temporada inspirada na vida sertanista

O sertão é aqui: Minas Trend abre temporada inspirada na vida sertanista

23 de abril de 2018 • 10:04
por Yuri Ribeiro

Durante a última semana aconteceu, em Belo Horizonte, a 22ª edição do Minas Trend, que apresentou os lançamentos para a temporada Primavera-Verão 2019, em um salão de negócios e na passarela. Como tradicionalmente já ocorre, um desfile de abertura faz um preview das peças que são apostas das grifes para a estação. Dessa vez, a apresentação trouxe a beleza e tradições do sertão mineiro, região que foi uma das referências para o tema e inspiração desta edição.

O desfile foi dirigido pelo stylist Paulo Martinez, que optou por uma apresentação pautada pelas variantes de cores que caracterizam as paisagens da icônica região do estado. “Todos os tons de tempero, de terra, do por do sol, do verde das folhagens secas estão presentes em uma brincadeira de soft e hard que reuniu vestidos bordados com juta e todos os elementos que remetem ao sertanista. A intenção foi trazer esse calor do sertão de Minas”, resume Martinez.

Fotos: Agência Fotosite

A apresentação reuniu 60 looks, compostos por peças de mais de 100 marcas mineiras que participaram do Salão de Negócios do evento. O trabalho, segundo ele, de editar e conceber o desfile, é uma tarefa difícil e cautelosa. “Quis trazer esse retrato sertanista e para isso também homenageie alguns estados como Pernambuco e Bahia. Fui dividindo assim e falando também da vegetação do agreste. Para formatar o desfile a gente vai fotografando de um por um todos os looks”, detalha o Stylist.

A paisagem árida, porém impactante pelas nuances de cores e elementos naturais que a compõem, foi reforçada pela trilha sonora executada pela Orquestra de Câmara SesiMinas, com partipação especial da cantora Bruna Caram, baseada em uma peça do polonês Wojciech Kilar intitulada Orawa, e na canção Sagarana, de Paulo César Pinheiro, composição feita sobre o texto de João Guimarães Rosa, sob concepção artística e arranjos de Felipe Magalhães, maestro assistente da Orquestra.

Seja o primeiro a comentar

A moda sai de moda, o estilo jamais.

Coco Chanel