Você está em:
ModaMinas Trend: Com Ludmilla, Skazi apresenta coleção feminista

Minas Trend: Com Ludmilla, Skazi apresenta coleção feminista

23 de abril de 2018 • 11:04
por Yuri Ribeiro

Para além da arte os desfiles, e os lançamentos, também trouxeram referências ao feminismo. A luta das mulheres pela igualdade de gêneros é um assunto que tem ganhado força em todas as esferas sociais e na moda não foi diferente. A Skazi apresentou uma coleção inspirada na tenista e campeã mundial Billie Jean King, é um exemplo desse movimento. Na década de 1970, ela foi responsável por uma verdadeira revolução nos valores que diferenciavam homens e mulheres.

O diretor criativo da Skazi, Eduardo Amarante, a partir da história da tenista, criou uma coleção que flerta com o estilo sporty dos anos de 1970 e 1980 e propõe uma linguagem despojada às composições, mesclando o ar cool e jovem a peças mais elaboradas. Entre os materiais, o crepe, tricoline, couro falso, linho e tricô fazem uma reinterpretação dos uniformes das quadras diretamente para peças mais sofisticadas do closet.

Fotos: Agência Fotosite

Assim como Billie Jean, a marca aposta na ruptura de padrões. A estética é descomplicada e aparece no mix & match de shapes retos, assimétricos e tecidos estruturados com looks fluídos e clean.  Modelos com recortes e construções inusitadas aliam o estilo esportivo ao sexy e girly. O navy foi reinventado, mas é o paetê que rouba a cena e surge como a grande tendência da próxima estação.

Destaque para o mood minimalista, que passeia por toda a coleção, deixando as composições cheias de personalidade. Na cartela de cores, predominam o amarelo, verde bandeira, salmão, marinho, preto, goiaba, vermelho e branco. 


Seja o primeiro a comentar

A moda sai de moda, o estilo jamais.

Coco Chanel