Você está em:
ModaDesigner de joias piauiense apresenta coleção no DFB Festival

Designer de joias piauiense apresenta coleção no DFB Festival

10 de maio de 2019 • 12:05
por Yuri Ribeiro

A designer de joias Maihara Brandão vive um momento de reconhecimento. Com um trabalho de design autoral singular, e que carrega a essência piauiense em sua concepção, ela foi convidada para estar presente em duas das maiores vitrines da moda nacional. Maihara expôs suas peças para o público da SPFW, e agora, se prepara para também marcar presença, dentro e fora da passarela, no DFB Festival, o maior evento de moda autoral do país, que acontecerá em Fortaleza.

Na SPFW, Maihara apresentou sua coleção “Nosso Baião”, inspirada em ícones nordestinos e que homenageia Luiz Gonzaga. Nas peças ela mescla, por exemplo, prata e cerâmica com gemas naturais. “É algo da minha infância. Sempre me chamou atenção a figura do vaqueiro, com o gibão. Despretensiosamente fiz uma coleção que está ganhando uma proporção que não imaginava e por isso, decidi que será uma família fixa, serão peças cativas, do atelier”.

Peças da coleção “Nosso Baião” também serão apresentadas no DFB Festival, evento de moda autoral que acontece em Fortaleza (CE) agora no mês de maio, onde Maihara também irá lançar a coleção “Facetas”. Participando pela segunda vez, nesse ano ela terá um espaço próprio, além de também retornar a passarela novamente no desfile do estilista cearense Lidenbergue Fernandes. 

Na coleção “Facetas” Maihara apresenta o DNA do seu trabalho como designer que é a construção de peças inspiradas em um conceito intrínseco e emocional. As peças são todas esculpidas a mão com facetas, traduzindo o processo de lapidação e amadurecimento que acontece durante a vida de um individuo. Pedras naturais em estado bruto são combinadas ao trabalho em prata.

“É uma coleção que fala muito da lapidação que acontece com a gente. Na nossa vida tudo tem um significado, e essa é uma característica do meu trabalho, algo que envolver design e emocional. Eu sempre busquei muito isso, o que está dentro da gente, qual transformação estamos passando. A coleção vai desde o bruto, da pedra em seu estado bruto, até a prata completamente lapidada”, explica.

Collab

A parceria firmada na última edição do evento entre Maihara Brandão e Lidenbergue Fernandes volta à passarela nesse ano. Após a repercussão do desfile do estilista, que utilizou as peças da designer, eles somam forças em uma coleção que levanta uma discussão pertinente. Juntos eles vão falar sobre lixo, reuso e o resignificado das coisas.

“Ele entrou em contato comigo e falou da coleção. Essa coleção dele é sobre um tema super atual, ele vai falar sobre lixo e resignificar. É uma coleção que fala muito sobre como as pessoas julgam as outras, sobre o lixo político, lixo emocional, como a gente recebe isso. Ela é toda feita através de reuso. Fui ao centro, atrás de locais que vendiam quinquilharias, resto de porcelanas, peças quebradas para construir as peças”, explica Maihara.

Todos os acessórios que a designer concebeu para o desfile do estilista foram feitos com materiais que seriam descartados. São matérias que ganharam um novo uso a partir do olhar de Maihara. Outra técnica utilizada é a junção do cobre e do zinco, que, aparentemente não possuem valor, mas quando aliados a um trabalho de design ganham uma nova cara.

O DFB Festival, maior evento de moda autoral da América Latina, apresentará coleções de 36 nomes entre os dias 15 e 18 maio, em Fortaleza, no Ceará. Nesse ano o evento acontece em um novo local: no Aterro da Praia de Iracema. 

Seja o primeiro a comentar

A moda sai de moda, o estilo jamais.

Coco Chanel