Você está em:
ModaCuidados para fazer a roupa de festa durar

Cuidados para fazer a roupa de festa durar

02 de February de 2018 • 11:31
por Yuri Ribeiro

Casamentos, formaturas, bodas, festas de debutantes. É só pintar uma ocasião mais badalada, que logo temos vontade de comprar aquela roupa de arrasar, não é mesmo? Geralmente, são peças que demandam um alto investimento e que depois ficam guardadas no armário, muitas vezes porque não concordamos em repetir o visual. A boa notícia é que usar o mesmo look está mais do que permitido, e ele pode sim ser desfilado em vários momentos. Exemplo recente é o da Duquesa de Cambridge, Kate Middleton, que, por duas vezes, usou um vestido assinado pela designer de moda inglesa Jenny Packham: primeiro, em um jantar no Palácio de Kensington e, depois, durante uma celebração beneficente, na cidade inglesa de Norfolk.

“Não vejo problema algum em vestir o mesmo modelo mais de uma vez, aliás, acho chiquérrimo! As roupas que usamos dizem muito sobre a nossa personalidade e repetí-las significa que você conhece qual é o seu estilo, acerta em suas escolhas e sabe como variar o visual usando a mesma peça”, comenta a consultora de moda, Glória Kalil, em um artigo publicado em seu site. Para deixar o look com outra cara, o segredo é apostar em acessórios, bolsas, sapatos e complementos diferentes.

Outro aspecto importantíssimo é saber como lavar, cuidar e guardar os vestidos de festa para que eles durem muito. A estilista mineira Ellizabeth Marques, proprietária da marca homônima, dá algumas dicas valiosas.

Lavar

Nem todas as lavanderias são preparadas para limpar vestidos de festa, principalmente os bordados. Por isso, sempre se certifique de que a lavagem será a seco e que os funcionários possuem know-how para a prestação do serviço. “Os lisos podem ser lavados em casa, mas somente a mão e com sabão neutro. Nunca os deixe de molho”, explica Ellizabeth.

 As peças sujas, com elementos difíceis de remover, como vinho, café e molhos, precisam ser limpas o quanto antes para evitar um dano permanente. Os tecidos Tafetá, Cdc e com toques de seda costumam manchar com mais facilidade.

Fique atenta também às etiquetas. Nelas há instruções de como manusear o vestido para que ele tenha mais durabilidade.

Guardar

“Os vestidos bordados devem ser dobrados, se possível, com papel de seda entre as dobras. Se ficarem suspensos, as pedrarias tendem a esticá-los com o peso. Já modelos lisos ou tops mais elaborados podem permanecer pendurados dentro de uma capa”, afirma a estilista. Uma vez armazenados de maneira correta, não há necessidade de virá-los do avesso. Sobre os vestidos de noiva, é importante mantê-los em locais sem muita luz, preferencialmente dentro de uma caixa, para retardar o amarelamento do tecido. “Ao guardá-los, envolva-os em papel de seda azul para que fiquem livres de manchas amarelas. Use uma quantidade generosa de grãos de pimenta-do-reino para afastar as traças. Ventile-os de tempos em tempos e não se esqueça de sempre lavar as mãos antes de manuseá-los”, completa.

Durante o uso

Caso algum bordado solte durante a festa, não mexa na área nem puxe a linha. O ideal é procurar o cerimonial. Normalmente, os profissionais estão preparados com linha e agulha para dar um ponto e evitar que mais pedras caiam.

Ao aplicarmos essas dicas, além de cuidarmos para que os vestidos durem bastante, também praticamos a sustentabilidade, uma vez que o aproveitamento de peças é uma maneira consciente e criativa de reutilizar looks que possivelmente ficariam esquecidos no guarda-roupa.

Seja o primeiro a comentar

A moda sai de moda, o estilo jamais.

Coco Chanel