Você está em:
Dicas & TendênciasResumo: os desfiles que foram destaque na Semana de Moda Masculina de Milão

Resumo: os desfiles que foram destaque na Semana de Moda Masculina de Milão

28 de junho de 2013 • 15:56
por Yuri Ribeiro

Logo após a Semana de Moda Masculina de Londres abrir a temporada internacional Primavera - Verão 2013/14, teve início a Semana de Moda Masculina de Milão, que terminou na última terça-feira (25). Com desfiles direcionados para público seleto, a semana apontou para algumas tendências que prometem aparecer nos próximos meses pelos guarda-roupas fashions masculinos.

A Semana de Moda Masculina de Milão foi uma realização da Camera Nazionale della Moda Italiana e reuniu as principais marcas pulverizadoras de tendências. O Com Estilo traz agora um resumo dos principais desfiles e do que passou pela passarela do evento.

Ermenegildo Zegna

A grande expectativa do evento girava em torno deste desfile. O motivo? O ex-diretor criativo da Yves Saint Laurent, Stefano Pilati, estrearia na Ermenegildo Zegna. E o esperado aconteceu. Na passarela foi visto traços próprios do DNA do novo estilista. A partir de suas técnicas, Stefano desenvolveu casacos, modelagens ajustadas e cumprimentos mais ousados que ajudaram a compor um verão moderno e clássico. A cartela de cores acompanhou este conceito e levou além dos tons terrosos, o grafite, variações de azul e preto.

Fotos: Márcio Madeira

Dolce & Gabbana

Nem mesmo tudo que acontece com os estilistas da marca foi capaz de abalar mais um desfile épico da Dolce & Gabbana. As peças apresentadas transbordaram o DNA da marca, e o que se viu por lá, apesar de tão característico, foi surpreendente.

O conceito lembra um pouco a coleção feminina Inverno 2013. A inspiração para as criações veio da Sicília, província de onde o estilista Domenico Dolce é natural. Viu-se muito da mitologia da região, que foi reproduzida em estamparias e texturas especiais. As sandálias gladiadoras também faziam alusão a província. Os destaques foram os conjuntos e a alfaiataria enxuta, reproduzida também em versões metalizadas.

Jil Sander

As cores tem despontado como uma das apostas da temporada, e neste desfile não podia ser diferente. O que amamos nesse desfile foi o coral e o laranja, que surgem combinados com off-white e preto. A coleção foi inspirada nos 80 e levou a passarela algumas modelagens maiores e com prints gráficos.

Bottega Veneta

Inspirações cinquentistas compõem o verão 2014 da Bottega Veneta. O grafismo foi combinado ao verde musgo, marrom, amarelo e violeta em criações de pegada retrô, mas que ao mesmo tempo refletem os homens atuais preocupados com o bom gosto e o estilo. Ficamos encantados com as bolsas e as calças de alfaiataria com a barra mais curta.

Salvatore Ferragamo

As cores quentes e eletrizantes aparecem no verão 2014 da Salvatore Ferragamo. Os números reproduzidos nas peças levam aos anos 30 em uma alusão aos jogadores de basquete da época, revelando a principal inspiração do desenvolvimento da linha. A pegada esportiva é levada para peças como casaco, camisetas, shorts e calças, que aparecem em sobreposições e construções leves.

Calvin Klein Collection

Calvin Klein vem com um verão inspirador. Apostando nas estampas em referência as nuvens, a marca lança essa proposta, que tem tudo pra pegar, dentro de uma cartela unicamente com variações de azul. O monocromático é reproduzido em camisas, casaco (que levam recortes mais esportistas) e em paletós. 

Missoni

O verão 2014 da Missoni foi um dos nossos favoritos da temporada. Super curtimos tudo que tem essa pegada étnica, e foi exatamente isso que a marca levou para a passarela. Tudo foi inspirado na África remetendo ao visual com cara de safári. O xadrez e a estamparia étnica foram reproduzidos dentro de tons terrosos. O destaque fica ainda para os acessórios: sapatos incríveis e bolsas em couros – algumas com detalhes trançados. Amamos os tons de verde!

Prada

Havaí e oceano foram levados para o verão 2014 da Prada. As tradicionais camisas florais ganharam uma releitura dentro de peças mais folgadas e retrô. A ideia da ilha é mesclada na coleção a peças. Um salve para a estamparia, que reproduz muito bem a ideia da coleção, e para as sobreposições da camisa com blusa de manga comprida. 

Diesel Black Gold

A mistura de texturas também teve vez na temporada, e foi vista no desfile da Diesel Black Gold. Na coleção, não é só o couro e o jeans, os estilos também aparecem mesclados. A alfaiataria do estilo executivo são combinados aos cortes com pegada rock e as estruturas das peças militares.

Emporio Armani

Ficamos apaixonados pela proposta da Emporio Armani. Tudo que a gente mais ama foi reunido: cor, textura metalizada e modelagem ajustada. Em meio a cartela clássica surge tons de azul, verde e pink que são realçados pelo acabamento metalizado. A marca levou ainda algumas desconstruções, feitas em casacos, e transparências ousadas em algumas camisas.

Gucci

O floral tem aparecido nesta temporada como uma forte tendência para os homens. A aposta esportista também foi o caminho escolhido da Gucci para desenvolver sua coleção verão 2014. O uso de muito nylon foi necessário para o desenvolvimento da proposta que foi combinado ao couro em alguns looks. Os maiores destaques (e que nós amamos) sem dúvida vão para as calças, que aparecem na coleção bem mais ajustadas.

Fendi

Amamos tons de mostarda, e por isso amamos o verão da Fendi, que aparece com uma variação dessa tonalidade em sua cartela de cores. O brilho metalizado volta a aparecer em uma coleção verão 2014 da temporada. O degradê surge como outra aposta da marca que abusa da modelagem ampla nestas criações. Nossos destaques escolhidos são as modelagens e os recortes dos paletós mostrados na coleção.

Dsquared2

O desfile da Dsquared2 apresentou um clima totalmente tropical. A coleção parece ter saído de uma ilha paradisíaca. O desfile também apresentou a nova coleção de cuecas e sungas da marca. O verão 2014 se faz bem presente por meio das bermudas, camisetas e das calças jeans. Estampas tropicais e prints de animais são fortes apostas. Destacamos aqui a calça em grafismo dourado e o paletó ajustado. 

Giorgio Armani

A cartela de cores da Giorgio Armani também varia em tons de azul, assim como na Calvin Klein, no entanto ganha ainda tons de cinza, off-white e bege. Na coleção verão 2014, as peças clássicas de alfaiataria também entram na pegada esportiva. Algumas calças ganham modelagens ousadas e os paletós aparecem com golas diferenciadas.

Seja o primeiro a comentar

A moda sai de moda, o estilo jamais.

Coco Chanel